top of page

O IMPÉRIO DE MICHELLE KANG

A empresária, agora também dona do London City Lionesses, é um exemplo de bons investimentos no futebol feminino valem a pena



No final da semana passada, o London City Lionesses, única equipe da capital do país entre as duas divisões principais com foco 100% em mulheres, anunciou a que foi adquirida por um grupo dos EUA. A responsável pela aquisição? Michelle Kang. 

 

Kang é uma empresária sul-coreana que se mudou para os Estados Unidos como estudante e construiu sua carreira no mundo dos negócios. Ela é fundadora da Cognosante, empresa de medicina que surgiu com a ideia de revolucionar o sistema de saúde dos EUA. A sua relação com o futebol vem desde criança, quando praticava o esporte nas aulas de educação física, mas assim como muitas mulheres, com o passar do tempo parou de praticar o esporte. A reconexão com a modalidade aconteceu em 2019, quando conheceu as campeãs mundiais na visita das atletas à Casa Branca. A partir dali, ela decidiu mergulhar no mundo dos negócios futebol de mulheres, se aproximando de lideranças e de jogadoras das principais equipes da NWSL. 

 

Anos depois, após escândalos envolvendo a liderança de uma das principais equipes da liga, o Washington Spirit, jogadoras e torcedoras começaram a pedir em suas redes sociais e nas arquibancadas dos jogos, que Michelle adquirisse a equipe. O pedido foi aceito e a negociação aconteceu em março de 2022, meses depois da equipe conquistar a NWSL Championship, com um time que tinha em seu elenco nomes como Aubrey Bledsoe, Ashley Hatch e Trinity Rodman. 

 

Depois de um pouco mais de um ano, a empresária fez outro grande investimento: comprou 52% da mais vencedora equipe do futebol feminino da Europa – o Lyon. O investimento de 50 milhões de Euros para adquirir o Lyonnais Fémenin, fez com que ela se torna-se a CEO da primeira Holding de equipes de futebol feminino do planeta. Ao fechar o contrato, ela deixou claro em suas declarações quais eram as suas intenções:


Este acordo representa um grande passo para o futebol profissional feminino. Ele representa esperança, determinação e os passos de negócios necessários para moldar o futuro do futebol feminino.  - Michelle Kang, ao adquirir 52% da equipe feminina do Lyon

Agora, com a aquisição do seu terceiro time, Michelle mais uma vez mostra ser arrojada nas suas estratégias. Escolhe uma cidade que respira futebol, uma equipe 100% voltada para o desenvolvimento de atletas mulheres e chega no exato momento em que as equipes das duas primeiras divisões da Inglaterra anunciaram que, a partir da temporada 24/25, cuidarão da organização das competições, tirando-a da TheFA, a Federação Inglesa de Futebol.


Logo após o anúncio, ela deixou claro que se compromete em investir na infraestrutura e ampliar a base de torcedores do London City Lionesses. Vendo o histórico pessoal e profissional de Michelle Kang, temos uma certeza: A equipe londrina jamais será a mesma. 

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page