top of page

GUIA DAS SEMIFINAIS

Tudo que você precisa saber sobre os dois jogos que definirão as finalistas da Maior Copa de Todos os Tempos

Foto: Divulgação | ADIDAS

Mais dois jogos espetaculares e cheio de histórias. Quatro seleções, cada seleção com seu estilo e particularidade. As semifinais da Copa do Mundo prometem entregar tudo que vimos nas últimas semanas de uma forma mais intensa: bons jogos, muita emoção e poucas certezas. O equilíbrio dos dois confrontos deixa qualquer pessoa que escreva ou fale sobre eles numa sinuca e bico. Tudo pode acontecer, qualquer aposta é válida e será uma loucura da sua parte deixar de assistir estes dois jogos.


Caso queira mais motivos para colocar o despertador para tocar, abaixo você fica por dentro dos dois confrontos que decidirão as finalistas da Maior Copa do Mundo de Todos os Tempos.



ESPANHA X SUÉCIA – 15.08 | 5H


Mais um grande confronto que reúne duas forças do futebol europeu. Desta vez, com escolas distintas, que pensam o futebol de maneiras opostas, mas que se provaram eficazes durante a Copa, principalmente nos últimos jogos. A Espanha, a cada jogo que passa, vai mostrando que as jogadoras se entendem, que sabem exatamente quais espaços devem ocupar e quais decisões precisam tomar. A segurança parece tomar conta de uma seleção que, mesmo com diversos problemas de bastidores, superou todos eles graças a postura das atletas, principalmente das mais experientes, que comandaram uma união entre elas que pode ser visto ao final de todas as partidas. Isso faz da Espanha uma equipe muito difícil de ser batida, pois a cada jogo demonstra melhoria nos pontos fortes – como a força ofensiva, e correções nos pontos mais fracos - como por exemplo, a recomposição defensiva.


Do outro lado vem uma Suécia que, graças as heróicas classificações contra o Japão e principalmente os Estados Unidos, também viu a confiança na sua proposta de jogo crescer. Uma das seleções que melhor se defende e que, de maneira consciente, mais comete faltas na competição (média de 19 por jogo), sabe que precisará de muita concentração para tirar o controle do jogo da adversária, assim como será necessária muita tranquilidade para aproveitar da melhor forma possível os espaços e contra-atacar de forma rápida e precisa.


Será muito interessante ver a batalha das duas ideias de jogo e como as equipes reagirão caso a proposta não funcione. Em teoria, a Espanha tem mais opções no banco para apresentar algo novo. Por outro lado, as experientes jogadoras da Suécia jogam em diversas posições e oferecem novas opções sem a necessidade de trocar as peças. Em resumo, prepare-se para um jogo equilibrado e de altíssimo nível.


AUSTRÁLIA X INGLATERRA – 16.08 | 7H


Sei que o comentário pode soar repetitivo, mas temos mais um jogo para entrar na história da modalidade. A Austrália, dona da casa, que já fez história ao unir toda uma nação através da modalidade, agora que vê a chance de alcançar a glória maior, que é a conquista da Copa do Mundo diante da sua torcida, cada vez mais perto. O time que começou a competição de forma preocupante, foi melhorando em todos os aspectos do jogo ao ponto de fazer com que a ausência da principal jogadora da equipe fosse algo secundário. O prêmio por isso é uma equipe forte coletivamente e que de agora em diante poderá contar com sua principal jogadora, a atacante Sam Kerr, para as fases mais agudas da competição.


Quem pode acabar com este sonho é a favorita não só do confronto, mas também a favorita a vencer a competição. A Inglaterra não encanta como se esperava e em todos os jogos das fases eliminatórias teve mais dificuldade do que o esperado. Porém, para superar as dificuldades, as “Lionesess” demonstraram muitas variações de jogo e usaram as ótimas opções que têm no banco para seguirem na Copa até agora. O elenco é disparado o que mais tem talentos individuais disponíveis, oferecendo para a treinadora Sarina Wiegman diferentes variações de jogo, o que em confrontos de muito equilíbrio como este, poderá ser o diferencial nos momentos mais decisivos.


Na Copa do Mundo dos jogos eletrizantes, cheio de alternativas e de muito equilíbrio, o confronto de duas ótimas defesas tem tudo para nos oferecer uma ótima disputa tática e emocional, pois sofrer um gol neste jogo deve significar jogar sob a proposta do oponente de uma forma que seja complicado reverter. Ou seja, mais um jogo imperdível.



Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page