IS IT COMING HOME?

A expectativa sobre o desempenho da Inglaterra na EURO


3 vitórias;

12 gols marcados;

1 gol sofrido.


Este é o balanço da seleção inglesa nos amistosos antes da estreia contra a Áustria no Estádio Old Trafford no dia 6 de junho. Estes resultados colocaram ainda mais esperança na torcida e na imprensa, que já estavam empolgadas com a chance de ver a seleção inglesa conquistando um título do alto escalão depois da Copa do Mundo masculina de 1966, também disputada no país.

Seleção da Inglaterra ROZZEIRA EURO
Foto: Harriet Lander – The FA/Getty Images

As leonesas vêm fazendo boas campanhas nas últimas competições. Elas chegaram até semifinal nos últimos três torneios e o nível do futebol apresentado evoluiu muito com os trabalhos de anteriores, mas desta vez, sob o comando da holandesa Serina Wiegman - campeã da EURO 2017 -, e a impressão é de que elas atingiram um nível mais alto e suficiente para encarar as grandes favoritas da competição.


O time tem uma espinha dorsal muito forte. Começando com a zagueira e capitã Mille Bright, do Chelsea e a lateral direita Lucy Bronze, recém-contratada pelo Barcelona. No meio campo, a incansável Jill Scott carrega o piano com maestria para a sua parceira Frank Kirby, que voltou recentemente aos gramados, brilhar. Na frente o trio de ataque do Manchester City, com Beth Mead, a talentosíssima Lauren Hemp e artilheira Ellen White, tem tudo para ser uma das sensações do torneio.


A equipe depois de algum tempo sob o comando de Wiegman, também ficou menos pragmática e apresenta mais variações táticas, que foram cruciais para jogos contra equipes mais fracas tecnicamente e que enfrentavam a Inglaterra com as linhas de marcação mais baixas.


De preocupante fica a preparação mental do elenco, que terá o apoio da torcida em todos os seus jogos, mas carregará a pressão de jogar em casa. As jogadoras sabem que para conquistar o torneio, precisarão encarar potências como Alemanha, Espanha, França ou Suécia, que contam com jogadoras mais experientes e acostumadas a estes grandes jogos. A forma como as jogadoras irão absorver toda a atmosfera em volta delas, que será de uma proporção jamais vistas no futebol feminino do país, será determinante na campanha da seleção inglesa.


Todos estão preparados para apoiar de maneira intensa em todos os jogos e os torneios anteriores provam que, historicamente, o torcedor inglês reconhece a luta das seleções do país nas competições e sempre celebrou com muito orgulho os seus feitos, mesmo que na maioria das vezes não tenha sido ganhar a competição. Seja lá qual for o desempenho, está claro para todos que, o torneio colocará esta seleção como uma das mais importantes para o futebol feminino na Inglaterra.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo