top of page

CHANCE DE OURO

A convocação de Arthur Elias é a oportunidade de diversas jogadoras mostrarem o seu valor em ano de Olimpíadas


Não existe convocação perfeita. Nem a do Dream Team do basquete masculino dos Estados Unidos, medalha de ouro nas Olimpíadas de 1992, foi considerada ideal por todos os amantes do esporte. Porém, as convocações sempre nos dão diversos recados, mensagens e dicas de como pensa o treinador.

 

E a convocação de Arhur Elias para Copa Ouro foi assim. Os novos nomes, os retornos e as ausências nos mostram que aquele treinador do Corinthians, que sempre busca ter um time intenso e que apresente variações táticas, manterá a sua forma de jogar e, para isso, precisa testar novos nomes, pois, ao que a convocação indicou, os que estavam por lá, neste momento, parecem não atender as suas expectativas.

 

Isso não significa que nomes como Tamires e Marta estejam fora dos seus planos para o futuro. São jogadoras experientes e que são importantes em um dia a dia de preparação para grandes torneios, como os jogos olímpicos. Mas, Arthur também sabe que elas já não entregam a intensidade de antes, e em jogos de alto nível, não fazem tanta a diferença como no passado. No caso de Tamires, diversas vezes vimos a dupla de laterais Yasmin + Tamires jogando pelo lado esquerdo do campo, tendo Yasmin como a responsável em cobrir as subidas da experiente capitã do Corinthians e com isso, aproveitando mais a sua capacidade de criar jogadas.

 

Já o caso de Marta, é mais complexo e mereça um conteúdo especial no futuro. A sua ausência pode ter ligação com a busca por uma melhor forma, já que nos EUA a temporada ainda está na fase de preparação e a NWSL começa apenas no dia 15 de março. Porém, não podemos fingir que as suas participações nos jogos da Copa do Mundo (no qual ela diz ter jogador fora de posição) e nas primeiras partidas com Arthur Elias, foram bem abaixo do que se esperava. Isso provavelmente tenha influência na escolha, principalmente se considerarmos que para os jogos olímpicos apenas 18 atletas serão convocadas. Ter uma jogadora que, mesmo com toda a sua genialidade, não consegue entregar o ritmo necessário para que o Brasil seja um time competitivo durante todo o jogo e mexa demais no equilíbrio coletivo, pode ser um risco. Além, é claro, a necessidade de que este time não se torne dependente da nossa camisa dez, mas sim, que tenha nela uma peça importante para melhora-lo como coletivo, sem perder suas características.

 

Das novidades - levando-se em consideração as convocações de competições passadas -, fica o reconhecimento de um bom final de temporada de nomes como Tarciane, Bia Menezes e Aline Milene. O retorno de Aline Gomes à seleção principal também deve ser celebrado. A Bola de Prata da temporada passada, mesmo ausente do time titular da Ferroviária nas partidas finais do Brasileirão, foi a uma prova de sua importância para as Guerreiras Grenás durante a temporada. A atacante de apenas 18 anos, que esteve entre as suplentes durante a preparação para a Copa, merece mais chances e principalmente, mais tempo junto de um elenco mais experiente, para que continue o seu processo de evolução. Priscila, excelente atacante do Inter, também poderia fazer parte da lista, mas ao que tudo indica, Rosana Augusto pediu para contar com a artilheira da Libertadores no grupo que se prepara para disputar o Sul-Americano Sub-20.

 

No mais, a lista conta com diversos nomes que também participaram do ciclo de Pia Sundhage. A tão desejada “revolução” na seleção brasileira, caso aconteça, não será através de novos nomes, mas sim, de uma nova postura tática, de uma nova forma de pensar o jogo e de executar as ações. A Copa Ouro será um ótimo teste, mas será preciso paciência por se tratar de um torneio que, mesmo com a equipe buscando o título, será usado como laboratório para o que nos espera em Paris. É uma chance e tanto para Arthur e as jogadoras mostrarem que as atuações abaixo do esperado nos amistosos, principalmente o contra o Japão no Morumbi, serviram de aprendizado e foram apenas um erro de percurso nesta nova jornada.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page