top of page

CONTROLE TOTAL

Atualizado: 4 de mar.

Brasil joga bem e goleia a Argentina pelas quartas de final da Copa Ouro


Gabi Nunes. Foto: Leandro Lopes/CBF

Quando uma equipe bem organizada, superior a equipe rival vai para um jogo importante que é carregado de contexto histórico , o que se espera desta equipe é que ela se imponha e controle o jogo desde o início.


Foi exatamente isso que a seleção brasileira  fez contra a Argentina. 


A partida válida pelas quartas de final da Copa Ouro 2024, teve o Brasil como dono desde os primeiros minutos. A marcação alta e a compactação do time, qualidades vistas nos dois últimos jogos, se repetiu. Com a posse de bola, era nítido uma equipe mais a vontade em campo, com mais mobilidade e, naturalmente, mais envolvente. Que pese a má marcação do sistema defensivo argentino, a seleção brasileira tem total mérito em se aproveitar disso e criar inúmeras chances durante o jogo. 


Alias, talvez essa seja a única luz amarela que mereça atenção por parte da equipe treinada por Arthur Elias. O volume de jogo e de chances não se refletiram em gols. Parece loucura falar isso após uma vitória por 5 x 1, mas após 25 chances criadas, ficou claro que, com um pouco mais de capricho no último passe e na finalização, o placar poderia ser ainda mais elástico. No jogo das quartas esses erros não fizeram falta, mas nas próximas fases será de extrema importância um pouco mais de capricho nos momentos decisivos, já que provavelmente não teremos as mesmas quantidades de chances. 


É importante exaltar que algumas ações táticas já se tornaram identidade da equipe durante o torneio, como a movimentação de Yasmin da esquerda para o centro e a compensação defensiva feita por Antônia nesses momentos. A liberdade entre as jogadoras para trocar de posição nas ações ofensivas e as já citadas compactação e marcação na saída de bola adversária também entram nessa lista.


Vale lembrar que as ações acima são bem semelhantes com o que vimos do Corinthians de Arthur Elias nos últimos anos. A dúvida que fica é se, em um confronto contra um time que tentará propor o jogo, como os Estados Unidos por exemplo, se treinador e equipe manterão a mesma postura. 


No mais, a impressão que se tem é de que a atuação abaixo das expectativas na estreia ficou para trás e a seleção encontrou, ao menos dentro da Copa Ouro 2024, uma forma de jogar, que é mais organizada, consistente e que faz dela uma das principais candidatas ao título. 

Comments


bottom of page