top of page

CRISTIANE E O DOM DE CONTROLAR O TEMPO E O ESPAÇO

O privilégio de poder acompanhar de perto uma jogadora tão especial está nos detalhes


Foto: Leo Sguaçabia/Ag. Paulistão/Centauro

Toda atacante tem a responsabilidade de transformar em gols as chances criadas pela sua equipe. Quando se trata de uma boa atacante, ela ajuda o seu time a criar as chances de gol. Ótimas atacantes criam suas próprias chances de gol em momentos de dificuldade.


Além dos tipos de atacantes citadas acima, existe a Cristiane. Com o poder sobrenatural de estar sempre presente no local certo, na hora certa, ela tem o dom de antever qualquer tipo de jogada e tomar a decisão correta antes de que haja qualquer tipo de reação das adversárias.


Em alguns momentos, Cris parece ter a visão semelhante aos heróis do filme MATRIX. A noção de posicionamento e a inteligência na tomada de decisão muitas vezes dá a impressão de que ela está vendo toda a jogada em câmera lenta e reagindo de uma forma que os pobres mortais, ou no caso as pobres zagueiras, jamais imaginariam e jamais teriam forças para combater.


O tempo, algo tão cruel com a maioria das atletas, parece ter dado a ela os atalhos do jogo. Claro que não se trata daquela Cris pilhada e ligada nos 220 que era capaz de correr o campo todo por 90 minutos e sair com uma tripleta. Mas isso está longe de ser um problema, já que ela foi aprimorando com o tempo todas as suas habilidades e hoje, ao invés de correr para chegar nas bolas que recebe, ela simplesmente já está lá, como em um passe de mágica.


É normal ver os gols que a artilheira fez durante esta temporada e se perguntar “por que ninguém acompanhou a Cris?” ou “como que a deixaram tão livre?”, mas é bem difícil para as onze adversárias encararem de frente um ser especial que tem o dom de controlar a grande área.


A inteligência também impressiona quando Cristiane decide participar do jogo fora do seu "habitat natural". A cada vez que ela sai da área para "conviver" com as outras, surge um toque de inteligência, que abre o campo e clareia a jogada para as companheiras.


Claro que não deve ser fácil jogar com alguém que carrega dons especiais, assim como para ela deve ter sido bem difícil entender que as outras não são como ela. É fácil vê-la reclamando quando a bola não vem da forma ideal ou a companheira não dá sequência à uma jogada que ela cria. Mas se você reparar, todas as vezes a bronca que ela dá vem seguida de uma instrução, de uma dica, de uma palavra de sabedoria.


O tempo fez dela uma mentora para as companheiras. Imagine o quanto não se aprende no dia a dia com uma jogadora tão especial com a Cristiane. Deve ser um privilégio. Assim como para nós, amantes do futebol, que podemos ver de tão perto uma jogadora única na história.


Tão única, que deveria se vestir de amarelo ouro novamente.

#Sdds

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page