A SELEÇÃO QUE QUEREMOS

Na sua melhor atuação, o Brasil mostrou sua força e comprovou o que imaginávamos: Que esta seleção joga bem mais do que o futebol apresentado na primeira fase.

Foto: Thais Magalhães - CBF

O Brasil venceu o Paraguai e confirmou a vaga na final da Copa América, a vaga na Copa do Mundo e nas olimpíadas de Paris. O placar de 2 x 0 foi o retrato de um time que finalmente aumentou a velocidade do jogo, se posicionou de forma mais compacta e pressionou a saída de bola desde o início.


Mais uma vez Angelina foi a peça principal da conexão entre defesa e ataque. A forma como ela conduz e determina o ritmo da seleção brasileira é algo que deve ser destacado. O jogo flui bem mais quando ela fica mais com a bola no pé e o fato de aos poucos se sentir mais a vontade para chegar como elemento surpresa no ataque, tem tudo para ser uma arma da seleção no futuro. Além disso, Ary Borges e Duda Sampaio provaram ser ótimas parceiras de meio-campo, oferecendo estilos de jogo diferentes e mais opções para Pia Sundhage.


Bia Zaneratto, Debinha e Adriana continuam atuando em alto nível. A forma como foram se entendendo a cada jogo, jogando mais próximas, trocando de posição e buscando os espaços vazios confundiu demais a defesa paraguaia e foi a chave do sucesso durante a partida. Outro ponto a ser elogiado é a pressão pós perda de bola, que foi muito bem executado pelo ataque da seleção na partida de hoje.

Ações defensivas no campo de ataque - Opta/CONMEBOL

A defesa finalmente teve momentos em que foi exigida e mesmo tendo um pouco de trabalho com as bolas aéreas nos primeiros minutos, se encontrou rapidamente e teve uma atuação muito segura mais uma vez. O mesmo aconteceu com as laterais, que também foram bem seguras, subindo com muita qualidade e recompondo muito bem a defesa.


Kerolin ainda está abaixo, ganhou um voto de confiança de Pia ao voltar para o segundo tempo e respondeu demonstrando muita vontade. Tem qualidade e muito a evoluir até a Copa do Mundo do ano que vem.


O confronto foi um belo aquecimento para a final contra as donas da casa. A forma como a Colômbia irá para este jogo será um ótimo desafio para a nossa seleção e mais um degrau importante neste processo de renovação que estamos passando.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo